"Santas as visões, santas as alucinações, santos os milagres, santo o globo ocular, santo o abismo." (Allen Ginsberg)

1.6.11

Simão do Deserto


Insistir. Ainda que o orçamento esteja reduzido, ainda que o público esteja escasso. O que importa é primar pela qualidade. O que importa é não fazer concessões à desistência. O que importa é existir. Insistir sem descanso. Malemolência, vai... Flexibilidade... Atenção para a postura! Sem esmorecer! Teso mas não tenso. Protótipo de obra prima - pilar. Render-me à tentação, por que não? "Porque vi Simão no Deserto."

texto . matheus matheus com citação de Porquoi Filmez-Vous, de Joaquim Pedro de Andrade
imagem . Simon Del Desierto, de Luis Buñuel, México, 1965

1 Comments:

Blogger Filmantes said...

Filme surpreendente.

Escrevi sobre ele aqui: http://pt.shvoong.com/entertainment/movies/2241177-sim%C3%A3o-deserto/

Abraços

9:02 AM

 

Postar um comentário

<< Home